contato@policomcoberturas.com.br | (19) 3374-4387

Mantenha a embalagem das chapas intactas até o momento da instalação. O local para estocagem das chapas deve ser coberto, seco e bem ventilado. As chapas devem estar apoiadas em superfície plana e limpa para serem cortadas e pode ser usada ferramenta elétrica ou manual. A estrutura que irá acomodar as chapas deve estar limpa. Verifique a estrutura e o distanciamento dos apoios. O corte das telhas pode ser feito utilizando-se serras manuais, elétricas ou de fita. As lâminas devem possuir dentes finos de 6 a 8 dentes/cm e as telhas devem estar presas à bancada para evitar vibrações. Instale as telhas na direção oposta ao sentido predominante do vento.

Para fixação das chapas deve ser usados parafusos e arruelas com guarnições de Neoprene ou EPDM, evitando desta forma o contato direto com a chapa. Para instalações horizontais fixar as chapas uma onda sim e outra não, sempre em onda alta utilizando os calços e parafusos apropriados.

Em instalações verticais pode-se fixar as chapas em onda baixa ou alta. As chapas devem ser posicionadas com o filme indicando o lado de proteção UV voltado para o sol. As chapas devem ser manuseadas com cuidado para não encostá-las nos apoios. Nunca ande sobre as telhas, utilize sempre pranchas de apoio. Lembre-se que a furação das chapas deve ser maior que o diâmetro do parafuso. Para parufusos cpm diâmetro de 1/4” recomenda-se furar a chapa com diâmetro de 15mm e utilizar arruelas de 22mm. Na fixação evite aperto excessivo nas chapas. Sempre que necessário aplicar silicone não acético. Somente após a conclusão da obra deve ser removido o filme de proteção dos dois lados da chapa. É recomendável lavar a cobertura com sabão neutro, água e pano macio sempre que necessário.